domingo, 17 de fevereiro de 2013

O perigo dos enrustidos

Em meu último post, falei sobre o quanto a homofobia está relacionada à misoginia. Neste post, vou falar sobre homens gays que fingem ser heterossexuais. Existem mulheres que fingem ser heterossexuais quando na verdade são lésbicas e até se casam com homens, têm filhos, etc. Mas o foco desse post são homens gays que fingem ser héteros porque meu foco agora é discutir as associações entre homofobia e misoginia, e elas aparecem mais na questão da homossexualidade masculina. 
  
É claro que a homofobia é uma questão pessoal, mas não tem como negar que ela vem de uma pressão social também. Enfrentar o preconceito dos outros não é tarefa fácil, mas nada pode ser pior do que o autopreconceito. Essa sensação de autorrejeição leva o indivíduo a fingir ser o que não é a fim de ser aceito pelos outros, mas, principalmente, ser aceito por si mesmo.

Já ouvi falar sobre todo tipo de atrocidade. Existem homens gays que fazem acordos de casamento: Eles se casam com uma mulher que sabe da condição, mas que quer muito casar só pra não ser solteira e ter um homem que a acompanhe em eventos sociais. Também já ouvi que alguns gays procuram se casar com mulheres que "não gostam muito de sexo".  

Eu já conheci muitos gays não assumidos. Todo mundo percebe, mas eles insistem em dizer que são héteros, até ficam irritados se alguém sugere o contrário. Até aí tudo bem, ninguém deve ser obrigado a assumir o que quer que seja sobre si próprio. O problema começa quando um homem assim resolve se relacionar com mulheres como se fosse heterossexual, porque ele a está usando como um instrumento de autoafirmação social e, mais cedo ou mais tarde, vai magoá-la.

Às vezes acontece do homossexual enrustido ser misógino, e aí é pior. Esse tipo apresenta aquelas características que mencionei num post anterior, mas tem um agravante. Ele não sente atração sexual por mulheres, apenas finge sentir porque acha que isso vai colocá-lo na posição de homem respeitável que ele tanto almeja. Então ele passa a vida dele enfiando o pênis em vaginas, bocas e ânus femininos por aí, apesar de não ter tesão nisso. Como ele não só não sente repeito por mulheres, como também não sente atração por elas, evita tocá-las com as mãos ou com a boca e procura ejacular o mais depressa possível.

Quando o homossexual não é misógino, ele procura ter casos e flertes com mulheres que ele considera como amigas. Ele pode até acreditar que sente atração por elas, mas a verdade é que ele não sente. Ele vai fingir que quer muito transar com elas, mas vai sempre encontrar empecilhos pra isso. Em geral, inventa uma ex-namorada do passado que não consegue esquecer, um verdadeiro amor insubstituível: "Nunca mais amarei novamente".         

O mais doloroso em ambos os casos é que eles fazem a mulher acreditar que há algo de errado com ela, quando na verdade, eles apenas não sentem atração por mulheres. Só que eles próprios não querem ver isso, então a induzem a crer não ser atraente o suficiente, ou ser ciumenta demais. Inventam que não querem comprometimento, que só querem galinhar e que a mulher está sendo muito chata por querer namorar. Pensando em ajudar garotas inexperientes, separei aqui algumas características que podem indicar que seu gato é homossexual enrustido:

Ele tem um amigão gay;

Não estou dizendo que é errado hétero ter amigo gay, claro que não. Mas se ele passa noites na casa desse amigo ou se esse amigo passa noites na casa dele, isso pode ser um sinal de que eles têm mais que amizade rolando. Especialmente se você notar que esse amigo gay tem ciúme da relação de vocês. Fique atenta caso seu namorado receba muitos favores desse amigo gay. Se ele começa a ligar pra você do telefone desse amigo, se ele te convida pra ir à casa desse amigo várias vezes, se esse amigo liga muito pra ele quando vocês estão juntos... Isso não é só amizade, né? Pode até ser que seu namorado não esteja transando com esse tal "amigo", mas pelo menos está se aproveitando do interesse dele, e as duas opções são ruins, né?

Ele tem fixação por uma mulher do passado;

Qual a forma mais eficaz de não se envolver com ninguém, não é mesmo? Se o rapaz só teve um amor verdadeiro e nunca mais amará novamente, então ele justifica porque sempre está solteiro: Ele nunca conseguiu esquecer esse marcante amor hétero, está condenado à solidão. E se você faz qualquer pergunta sobre ele voltar com ela, ele tem absoluta certeza de que isso seria impossível. Porque ele não quer voltar com ela, ela é só uma muleta que ele usa pra justificar não se envolver com nenhuma outra.

Necessidade de chamar moças de "gostosa" em público;

Ele quer acreditar que é hétero, então ele faz coisas que pra ele denotam heterossexualidade. Então ele faz comentários afetados sobre a beleza das mulheres que aparecem na frente dele, insiste que transaria com elas com certeza. Mas é tudo encenado, tão encenado que soa falso.

Dificuldade pra ter uma relação sexual heterossexual;

Aqui é o momento mais delicado. Pode ser que ele insista em transar com você porque acha que isso é o esperado de um homem hétero, mas quando chegar a hora, invente empecilhos. De que tipo? Ele vai retardar a penetração ao máximo. No início, vai parecer legal, pois ele está preocupado com seu orgasmo. Mas depois que você gozar, ele vai parar e dizer que gosta de ir devagar. E vai continuar indo devagar por vários dias.

A outra possibilidade é que ele dificulte os encontros. Já está marcado, e de repente ele não pode ir. E isso se repete várias vezes. Na verdade, ele não quer. Claro que isso pode acontecer com um homem heterossexual indeciso, mas nesse caso também é melhor dar um fim.

A pior possibilidade é que ele seja um gay misógino. Aí você experimentará algumas das piores relações sexuais de sua vida. Esse tipo joga a garota na cama, tira a calcinha dela, coloca o pênis na vagina, goza logo em seguida, não dá nem um beijo na boca, e então se levanta. Ele faz isso porque quer ter o mínimo contato possível com mulheres. Em geral, ele fala abertamente sobre ter nojo de xoxota e jamais sonha em fazer sexo oral numa garota. Tudo isso porque ele não só não se importa com o prazer sexual da mulher, mas ele quer que ela sofra mesmo. Ele tem raiva de mulheres, então ele penetra bruscamente para machucar. Se sangrar, ele fica feliz. E como ele também não sente atração por mulheres, ele ejacula rápido, pois tem dificuldade de manter a ereção. E claro, ainda vai fazer a menina acreditar que isso acontece porque ele não sente tanta atração assim por ela, que ela não é bonita o suficiente.

Ser homossexual não é um estilo de vida como alguns líderes religiosos afirmam. Ser homossexual faz parte da formação psicológica e sexual de uma pessoa, formação essa sobre a qual ela não tem domínio. Não é justo que um gay tente viver como hétero e machuque outras pessoas a fim de viver uma farsa. Mas como a sociedade em que vivemos é bastante homofóbica, e ser gay é algo que uma boa parte das pessoas considera algo negativo, muitos gays tentam viver como heterossexuais. O que as mulheres hétero ou bi podem fazer é evitar, pois namorar um gay enrustido só vai trazer sofrimento.

11 comentários:

  1. gostei muito de ter passado por aqui!!! muito esclarecedor!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Fui noiva de um Gay enrustido 5 anos.
    Estou tentando me recuperar até hoje.Eu fui enganada por ele certinho

    ResponderExcluir
  4. descobri que meu ex-marido é. Fiquei quase 20 anos com ele. Tenho depressão desde criança e depois que me separei descobri o que havia de errado no casamento. Ele usa nosso filho de 8 anos como propaganda. Estou morta por dentro.

    ResponderExcluir
  5. Passei por uma experiência terrível com um cara que não assumi sua opção sexual e me usou para parecer hétero socialmente. Acabou com minha auto estima. No começo do relacionamento até demonstrou algum interesse por mim...depois nem beijar queria, porém na frente de seus amigos, me abraçava, me fazia carinhos. Parecia o homem mais carinhoso do mundo
    ... Mas a sós a coisa era bem diferente. Tentei precionar várias vezes, porque achei que o problema era comigo...Ele acabou terminando comigo. Dizendo que estava me magoando!!! Fiquei arrasada...e sei que ele fara outras mulheres passar por isso...pois já o vi novamente em sites de relacionamento. Ele tem que demonstrar para os amigos que é homem, e como é japonês, também tem um problema cultural. Pessa experiência, pois achamos que o problema está conosco.

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde! O assunto abordado por ti é realmente interessante e, ao que me parece, muito pouco debatido. A quantidade de gays nesta condição é muito,mas muito grande! Por ser homossexual sempre me deparo com esses caras que sempre fazem questão de "informar" que são devidamente casados dando um "recado" ao parceiro que "o viado aqui não sou eu". Anos atrás tive um relacionamento com um cara que para piorar a situação havia nascido no seio de uma família assembleiana. Pensa no sofrimento. Mesmo no ambiente repressor desta igreja "rolava" e muito. O pobre casou com uma "irmã" da igreja e hoje ostenta no Facebook uma família feliz e cristã. A hipocrisia é pavorosa! Mesmo entre os gays assumidos rola a fantasia de que trepar com um "casado" é sinônimo de trepar com um hétero. Pobres mulheres, ah se elas soubessem como é uma relação homo!!! Vomitariam com certeza só de imaginar o que seus maridos sempre fizeram nos braços de outro!

    ResponderExcluir
  7. Nossa Patty Kirdche��
    To passada com tantas verdades!
    Tudo que vc escreveu air. Foi o que ta nesse momento acontecendo comigo.����
    E eu aquir me sentindo a pior mulher desse mundo!
    Fica querendo respostas ,para tanta humilhação,despresos e fora a reijeição que ele ta fazendo������.
    Tudo que vc falou,bate certinho com o comportamento dele.
    Até dizer que meus dentes são feios e que tenho placas de carie.Que meus seios São caidos.Que sou ruim de cama!
    Que a ex dele que traiu ele na epoca.Ainda foi melhor do que eu.Me colocando la em baixo!
    So para não ter relações sexuais comigo.
    Nem me beija ele gostava.����
    Pow ,to arrasada.Mais tb não deixei que ele continuasse me humilhando dessa forma.Não mais��!
    Eu mesma terminei o namoro com ele.
    Tb so tiamos um mês de namoro. Diga-se de passagem ,foi a pior experiência de todos os meus antigos relacionamentos.
    Agora to aos poucos me recuperando.
    Mais ainda me sinto magoada,ferida e usada.Ele continua no armário, se fingindo de pegador.Aff!
    Agora....eu lendo seu texto.Me ajuda muito.
    Obrigada de coração.
    Fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida o que eu ouvi... ouvi até que meu mijo fedia, que minha buceta era feia

      Excluir
  8. Eu, sendo homossexual assumido (hoje), gostaria de dizer que o texto da autora está completamente... correto. O gay enrustido que quer forçar a barra e "ser" heterossexual comporta-se precisamente desta maneira. Mulheres, não se tornem misândricas por causa de homens babacas de ambos os times, pois a maioria dos homens é boa e presta, mas fiquem atentas para que estes filhotes de Satanás não arruínem a vida de vocês.

    ResponderExcluir
  9. Estou passando por isso e compartilho de todas as reflexões mencionadas. Faço terapia e tomo medicações para tratar de um problema que não fui eu quem criou. Ele me diz que a culpa foi minha, que eu não fui boa o suficiente para ele. Também usa nosso filho como instrumento de propaganda e quer transferir o escudo, já que ele não me usa mais. Não sou preconceituosa, mas alguma atitudes beiram a falta de humanidade. Me sinto uma coisa, não uma pessoa, um objeto que foi usado e agora não serve mais.

    ResponderExcluir

Eu me reservo o direito de não responder perguntas cuja resposta esteja no próprio post. Comentários imbecis e sem embasamento estão sujeitos a ridicularização. Comente por sua conta e risco. Obrigada!