sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Solidão na zona oeste

Solidão na zona oeste


Postada originalmente em 19/05/2007 às 19h32.
É sobre solidão.
É sobre angústia.
É sobre ser notável e intensa.
É sobre ser íntima e ferida.
É sobre ser abandonada por ser impressionante.
É sobre sofrer por ter fortes sentimentos e cair numa cadeia visceral.
É sobre perseguir, envenenada e sangrando, o conforto da liberdade.
É sobre reconhecer nos carros que correm a impossibilidade de ser feliz.
É sobre o crepúsculo compulsório no Viaduto Antártica e a expectativa da noite que antecede a manhã de amanhã, quando não me esquecerei da dor que outrora sentira.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu me reservo o direito de não responder perguntas cuja resposta esteja no próprio post. Comentários imbecis e sem embasamento estão sujeitos a ridicularização. Comente por sua conta e risco. Obrigada!