sábado, 16 de novembro de 2013

The touch of my hand

The touch of my hand

Postada originalmente em 13/08/2006 às 12h19.
 
Infrutescência úmida e doce. Odor almiscarado, cor nacarada. Um toque e reações incompreensíveis. Um objeto divino que foi consagrado por sua função. Vilipendiado e violado pela natureza masculina.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu me reservo o direito de não responder perguntas cuja resposta esteja no próprio post. Comentários imbecis e sem embasamento estão sujeitos a ridicularização. Comente por sua conta e risco. Obrigada!