quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Uxoricídio

Uxoricídio


Postada originalmente em 15/12/2007 às 20h41.
O rancor provoca náusea,
corrói o coração,
atormenta os sonhos...
Como perdoar quem jamais pediu perdão?
Como esquecer a ferida que um dia foi aberta e até agora não cicatrizou?
Doente de mágoa, onde está teu algoz?
Arriscar-te-ias a provar o fel
de quem jamais se arrepende?
Escutarias que foste culpada por tuas feridas?
Vítima de crueldade gratuita e egoísmo inescrupuloso
eternamente amaldiçoada por ter dito a verdade?

O rancor ainda queima.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu me reservo o direito de não responder perguntas cuja resposta esteja no próprio post. Comentários imbecis e sem embasamento estão sujeitos a ridicularização. Comente por sua conta e risco. Obrigada!