sábado, 25 de outubro de 2014

O mito da ditadura comunista


Eu gostaria de escrever um texto melhor, mas acabo de passar por um luto repentino em família que complicou bastante minha disponibilidade de tempo. O fato é que não consigo entender esse ódio pelo PT. Vejo pessoas que só estão tendo a chance de fazer uma faculdade devido a programas como Prouni e Fies do governo federal chamando gente como eu de "merda" porque voto no PT. 

Uma das maiores armas contra o PT tem sido essa história de "ditadura comunista". Gente, em que ditadura as pessoas xingariam a presidenta de "sapatão" e "vaca" e não acabariam peladas num pau de arara levando choque nos genitais?

Minhas maiores críticas ao governo do PT existem porque está moderado demais!
Pra mim não deveria nem ter banco privado! Gente que não tem nem merda pra cagar com medo de governo de esquerda? Quem tem que ter medo é latifundiário e empresário. E de fato são eles que têm. E não têm pudor nenhum de usar a religião pra manipular as massas. Porque não se iludam... Os líderes religiosos sabem muito bem o que estão fazendo ao mandar pobre votar em candidato de direita.



Os empresários estão bravos porque o desemprego caiu. No capitalismo o pleno emprego é um problema porque, pela lei da oferta e procura, quando sobram empregos, os salários sobem. O lucro das empresas se dá pela receita menos os custos. Para aumentar o lucro, é preciso aumentar a receita e/ou reduzir custos. O problema de aumentar a receita é que isso pode impossibilitar que os preços aplicados sejam competitivos, e a empresa perca mercado para a concorrência. Então a melhor forma de se maximizar os lucros é reduzindo custos, e o salário de funcionários representa um custo alto. É claro que ninguém vai falar abertamente que o pleno emprego é inconveniente para alguém, mas a verdade é que é para todas as empresas, principalmente as de grande porte. Ainda mais quando a mão de obra barata começa a desaparecer com a melhora da formação da população (com o auxílio dos programas Prouni e FIES). Então os poderosos estão muito bravos com o governo do PT, querem tirar a qualquer custo.
 


Por que Dilma?



Eu cresci numa família de esquerda; meus pais e a maioria de meus parentes sempre votaram no PT. Em meio a discussões acaloradas sobre política, tanto eu quanto minha irmã crescemos sabendo que era papel do estado reduzir as desigualdades sociais.


Quando criança, eu estudava em escola de rico. Pagar as mensalidades era um sacrifício que meus pais consideravam necessário diante da baixa qualidade do ensino público, então eu acabava convivendo com crianças que tinham um poder aquisitivo muito mais alto que o meu. Em época de eleições, eu ficava sabendo que os pais delas iam votar em Paulo Maluf, Mário Covas, entre outros candidatos que não eram do PT. 

Pra mim já era muito claro que o PT faria um melhor governo, mas eu não entendia por que as outras famílias não percebiam isso. Até que um dia uma de minhas colegas me disse: "Eu jamais votaria no PT. Eu não sou racista, mas já pensou os 'neguinhos' morando na sua casa?". Falei sobre isso com minha mãe, e ela me explicou que pensar assim era pura ignorância.  
 
Então vamos definir as principais diferenças entre esquerda e direita de forma simples:
 

Esquerda: 


Intervenção do estado na economia: leis trabalhistas
Políticas de justiça social: cotas, bolsas
Serviços públicos: saúde, educação
Influência da sociedade na formação do indivíduo
Resolver problemas de criminalidade pela educação
Entendimento de que minorias são discriminadas 
Reforma agrária, desapropriação de imóveis inativos para moradias populares

Direita:

Economia segue sozinha, conveniente para empresários
Sem políticas sociais, cada um que se vire, meritocracia (escolhas e responsabilidade individual)
Normal não ter negro na universidade, mas ter na penitenciária
Normal não ter mulher na política
Crença de todos são iguais e que alegar discriminação é vitimização
Sem serviços públicos: EUA não tem saúde pública, universidades públicas lá são pagas 
Resolver problemas de criminalidade com truculência policial/ Repressão
Viva a PM/ Viva as forças armadas
Ordem e Progresso
Conservadorismo
Ufanismo
Nacionalismo
Apartidarismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu me reservo o direito de não responder perguntas cuja resposta esteja no próprio post. Comentários imbecis e sem embasamento estão sujeitos a ridicularização. Comente por sua conta e risco. Obrigada!